Pesquisa e texto: Frank Tavares Correia

Acervo do Patrimônio histórico e artístico do Estado do Rio Grande do Norte: OSWALDO CÂMARA DE SOUZA

 

“O Rio Grande do Norte não é apenas um Estado que produz sal, algodão e que possui inesgotáveis jazidas de xilita (sic). Por quê (sic)  ficamos desvanecidos com tanta boniteza de nossas praias, onde o forasteiro chega, chupa caju entre goles de ‘pinga’, e vai embora dizendo ter ‘conhecido’ o Rio Grande do Norte? Monumentos históricos e artísticos e artísticos do Estado devem constituir também, um atrativo para os que nos visitarem, pela localização pitoresca em que alguns se encontram, ensejando magníficos passeios através desta hospitaleira terra potiguar” (OSWALDO CÂMARA DE SOUZA. Acervo do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado do Rio Grande do Norte:, p. 10).

O Livro. Acervo do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado do Rio Grande do Norte, veio à lume em 1981, sob o patrocínio da Fundação José Augusto, sendo impresso pela CERN: Companhia Editora do Rio Grande do Norte. Na pagina 05, antes do prefácio, o leitor se depara com a seguinte dedicatória, em letras maiúsculas e em negrito: “À MEMÓRIA DE RODRIGO DE MELO FRANCO DE ANDRADE, A QUEM O BRASIL DEVE TANTOS E TÃO ASSINALADOS SERVIÇOS”. O prefácio, datado de 1977, é assinado por LUÍS DA CÂMARA CASCUDO (30-12-1898 – 30-07-1986), e as orelhas que resguardam capa e contracapa, são de UMBERTO PEREGRINO (1911 – 2003). Como sugere o título, OSWALDO DE SOUZA (01-04-1904 – 20-02-1995), trata do Patrimônio histórico e artístico do Estado do Rio Grande do Norte,  contando com o auxílio de inúmeras fotografias, contém 426 paginas. Os capítulos são dispostos assim: 1) Apresentação; 2) Arquitetura; 3) Arquitetura Religiosa; 4) Perfil do material iconográfico do Rio Grande do Norte; 5) Imagens Religiosas da Igreja de S. José de Mipibu; Outras Imagens; 6) Oratórios; 7) Jazidas Arqueológicas.

O Autor. OSWALDO CÂMARA DE SOUZA, museólogo, compositor, produtor de televisão, folclorista, palestrante, Servidor Público do IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), nasceu em Natal, em 01 de abril de 1904, e faleceu em 20 de fevereiro de 1995.

Bibliografia de OSWALDO DE SOUZA. “O Remeiro do São Francisco”, 1964; “Romaria dos Penitentes”, 1966; “O Culto dos Mortos”, 1967; “Modinha”, 1975;

Fontes consultadas:
Enciclopédia de Literatura Brasileira.
Rio de Janeiro: MEC/FAE, 1990, vols. I e II.
LYRA, Carlos. Uma câmara vê Cascudo: Natal: Fundação José Augusto, 1974.
PARDAL, Paulo. Carrancas do São Francisco. Rio de Janeiro: Serviço de Documentação Geral da Marinha, 2ª ed., 1981.
SOUZA, Oswaldo Câmara de. Acervo do Patrimônio histórico e artístico do Estado do Rio Grande do Norte. Natal: Fundação José Augusto, 1981.
Crédito da Foto
na qual OSWALDO DE SOUZA é visto ao lado de LUÍS DA CÂMARA CASCUDO, que ilustra do texto: a foto de autoria de CARLOS LYRA, extraída do livro “Uma câmara vê cascudo”. Natal: Fundação José Augusto, 1974.