Bené Chaves

A saudade de meu pai e de minha mãe vai doendo em mim, principalmente neste dia de homenagens aos que se encantaram mais cedo. Obviamente é uma lembrança eterna dos que foram responsáveis por eu estar aqui nesta terrinha sem eira ou beira. E agora sem a presença deles. É o ciclo da vida e os redemoinhos de amores perdidos. Amor de pai, amor de mãe. Amores ausentes! E meu sentimento fica a borbulhar inquietante diante dessas adversidades da vida.
Aqui eu canto o meu canto de tristeza e de dor, um canto sem encanto. Apenas de ilusão, mas de muito amor!