01. DIULINDA GARCIA (POETISA)

 

 

Caro Eduardo Gosson:
Durante os seis anos em que foste Presidente da UBE-RN, navegaste com sabedoria pelos
oceanos da Cultura, às vezes calmos e tranquilos, outras tantas, agitados e turbulentos como tudo
na vida ocorre. Comandaste esta Nave com a maestria dos que não só fazem o que sabem para produzir ou obter resultados, mas o fazem com um labor constante e extrema dedicação, indo às vezes à exaustão, mas extrapolando as próprias expectativas, surpreendendo até o mais exigente dos navegantes.
É assim que o vejo,  percebo e compreendo Eduardo Gosson, sendo eu apenas um(a) entre outros tantos navegantes dessa Nave Cultural,sob o teu exímio comando até o próximo dia 26 de dezembro, quando então passarás a Direção ao Poeta Roberto Lima de Souza, permanecendo ao seu lado como Vice Presidente,para assim,não só iniciar um novo Projeto de Gestão,mas dar continuidade a alguns Programas, destacando-se entre outros o Plano Editorial e o Prêmio Escritor Eulício de Faria

Com admiração,
Diulinda Garcia

(16.12.2013)

 

 
    

 
                

    

 

 
        

 
                        

02.CLAUDER ARCANJO (Poeta e Editor)

 

Caro comandante Eduardo Gosson:

 

Infelizmente, por me encontrar embarcado na Bacia de Campos, não pude ouvir de mente e corpo presentes, o seu belo discurso. Nós, escritores do RN, só temos uma palavra para você: obrigado.

Obrigado, amigo, e novos desafios nos esperam. Parafraseando Ortega y Gasset: o escritor é o homem e as suas teimosias.

Deste amigo.

Clauder Arcanjo.

(18.12.2013)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

03.ROBERTO DA SILVA (Escritor)

 

 
                

 
    

Caríssimo Eduardo,

Ontem tinha compromissos logo no início da noite e saí sem lhe dar um abraço. Mas somei minhas palmas àquelas que V. recebeu em mais de uma ocasião na solenidade na ANL, quando foi empossada a nova diretoria da UBE.

Quero felicitá-lo pelas realizações. V. é um bravo e tem minha constante admiração. Desejo-lhe coragem para continuar enfrentando as vicissitudes como tem feito até agora de maneira tão estóica.

Que 2014 seja um ano muito feliz para V. e os seus e muito fecundo em realizações.

Abraço fraternal de seu amigo e admirador Roberto (27.12.2013)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

04.Rosa Régis- Bom dia meu caro Eduardo!

Primeiro que tudo, UM FELIIIIIIIIIIIIIIIIIZ ANO NOOOOOOOOOOOVO, cheio de PAZ, AMOR E ESPERANÇA. Que Deus o conserve sempre como você é: simples, bondoso e temente ao PAI.

O motivo desta mensagem é para pedir-lhe mil desculpas por ter falhado com minha palavra no momento em que afirmava que estaria presente na posse da nova diretoria.

Tentei entrar em contato contigo ontem, pensando que seria hoje o evento, mas não consegui. É que ando meio esclerosada e, às vezes me perco nos acessos à internet, e quando consegui chegar ao Blog da UBE, hoje, foi que vi que passara batida, deixando de participar deste importante evento.

Eu ando tão esquecida, meu amigo, que mesmo pondo na agenda, esqueço de olhar... kkkk

Mil perdões!!

(28.12.2013)

 

 

 

               

 

 

 

 

 05. PAULO CALDAS NETO (Poeta e Escritor)

 

CANCIÓN A MIS HIJOS

 

 

Ao poeta Eduardo Gosson.

 

 

Partiram ao canto do rouxinol,

Sem ouvirem as notas ritmadas.

O piano não estava mais ao sol.

Outra vez não viram as alvoradas.

 

 

O tom da música, seu arrebol!

As vozes se calaram forçadas;

Partiram ao canto do rouxinol,

Sem ouvirem as notas ritmadas.

 

 

O consolo da chuva, aquele anzol,

Esquecido depois da pescaria;

A brincadeira de todo dia;

As vozes, que a canção queria,

Partiram ao canto do rouxinol.

 

 

Paulo Caldas Neto.

Natal, 24 de dezembro de 2013.

 

 

 

 

06.Walter Cid (Escritor)

Meu Caro:

 

 

Um forte e grande abraço de parabéns; sei o que é levar uma organização sem fins lucrativos aos seus destinos, pois já vivi esse momento Quero registrar a minha satisfação e alegria, de estar compartilhando esse momento, sabendo que você realizou tudo que lhe era possível, apesar dos inúmeros problemas familiares, que Deus o proteja, são sinceros desejos desse admirador, amigo de seu pai, jamais esquecido.

 

Walter Cid, 29.12.2013

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

07. LUCIA HELENA PEREIRA (Poetisa)

NOTA: O QUERIDO EDUARDO GOSSON DIRIGIU A UBE-RN  COM A CORAGEM DE UM TOURO, A SENSIBILIDADE DE UM PÁSSARO E O CORAÇÃO DE UM PAI!

 

 

Lúcia Helena Pereira.

 

 

 

08. Horácio Paiva (poeta)

 

Caro amigo Eduardo Gosson,

não pude estar presente à sua despedida  -  e posse de nosso novo presidente e amigo, Roberto Lima. Viajava a Portugal, e somente retornei ontem. Mas, neste momento, quero registrar, além da amizade generosa que lhe dedico, o meu apreço e admiração pelo seu trabalho gigantesco, do qual sou testemunha, à frente de nossa UBE. Poderia também dizer: quixotesco, pois sei de seus vários embates com os moinhos de vento daqui. Nada disso, porém, me surpreendeu, pois o conheço de longas datas e de sua intensa participação, muitas vezes ao meu lado, nos movimentos sociais por um Brasil melhor. Quero, ainda, agradecer, pois fazendo pela cultura você fez por muitos!

Com um abraço fraterno,

Horácio Paiva (03.01.2014)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

08. Aluizio Matias (poeta)

 

Caro Poeta, companheiro e amigo Eduardo,

Quero  somar-me às dezenas de felicitações saudando à sua excelente gestão na Presidência da UBE-RN. Um ser humano pode não ser imprescindível, mas suas posturas e suas atitudes o são. Sendo assim fico ainda mais feliz e honrado de poder fazer parte dessa construção em que você foi um grande protagonista. Estaremos juntos com você nessa luta cotidiana, dura e poética ao mesmo tempo, e de uma importância muito especial. Feliz Ano Novo, companheiro!!!

Aluízio Matias – Poeta

(30.12.2013)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

FELIX CONTRERAS POETA CUBANO DEDICA UM

POEMA AO PRESIDENTE DA UBE/RN

 

 

 

LLuvia

          Para Eduardo Gosson

 

 

Llueve, llueve, es bueno que llueva

para animales y plantas

y se refresque el planeta

y borre la fetidez temblorosa

que espanta en la esquina

a nativos y turistas pero,

llueve en la habitación,

en mi soledad,

en mi ropa de domingo,

en mis papeles,

en la rosa

(es un decir) y,

en la brisa fragante de la tarde

             (otro decir)

Llueve también  en los 87 peldaños

de la escalera: academia del fingimiento

            (no es otro decir)

con la música de fondo y los harapos del presente,

donde alumnos aplicados

aprenden el código del nuevo viver.

 

Tradução para o  Português

Lluvia

          Para Eduardo Gosson

 

 

Está chovendo, é bom para a chuva

para os animais e as plantas

e esfriar o planeta

e apagar o mau cheiro tremendo

assustando no canto

moradores e turistas, mas,

chuvas na sala,

na minha solidão,

nas minhas roupas de domingo,

em meus papéis,

o-de-rosa

(Por assim dizer) e,

brisa fragrante na tarde

             (Outras palavras)

Chove também   em 87 etapas

das escadas fingindo Academy

            (Não é mais um exemplo)

com música de fundo e os trapos deste,

onde os alunos aplicados

aprender um novo código viver