Caros Amigos:

Hoje 9 de fevereiro do ano de 2014, recebi do poeta Horácio Paiva este poema - PÃO E LUZ - que respondi fazendo outro (vejam a sintonia)

 

 

PÃO E LUZ

 

                        com lápis invisível

                        descrevo na escuridão

                        o que não vejo

 

                        e nada sei do pão

                        que está à mesa

                        à espera da luz

 

                        (Horácio Paiva)

 

 

FAÇA-SE LUZ

 

À espera

da Luz

 

estamos todos nós

criaturas expulsas

do jardim de Deus

(Eduardo Gosson)