Frank Tavares Correia: Pesquisa e Texto

 

 

 

“Origem e desenvolvimento da Língua Portuguesa” – Edgar Barbosa (1909-1976)

 

 

“Os céus livrem o Brasil do epílogo de um povo esfacelado em hordas fratricidas, disputando uma pátria estertorante. Não é nosso intuito ao finalizar este trabalho, fazer uma confissão doentia de desgraça ou desalento. Nestas palavras o que desejamos é expressar acima de tudo é a confiança na força coordenadora de nossa língua, sufocando no nascedouro quaisquer prenúncios de separatismo e reunindo os homens de todas as latitudes do Brasil na mesma comunhão de idéias e sentimentos” ( Edgar Barbosa, Origem e desenvolvimento da Língua Portuguesa”, Natal: Imprensa Oficial, 1933, p. 38).

 

 

O Livro. “Origem e desenvolvimento da Língua Portuguesa”, autoria de Edgar Barbosa (1909-1976), foi publicado pela Imprensa Oficial do Estado do Rio Grande do Norte, em 1933. O trabalho consta de 39 páginas e o tema pode ser resumido no subtítulo:

 

“TESE sorteada pela Congregação do Ateneu Norte Riograndense em sessão de 18 de março de 1933 para concurso da Cadeira de Português do mesmo estabelecimento e apresentada a defesa pelo autor”.

 

 

A Tese vem precedida de uma “EXPLICAÇÃO PRELININAR”, datada de setembro de 1933. Segue-se então uma “Súmula” constando de onze capítulos em lavrados em algarismos romanos assim ordenados: I – A língua portuguesa na classificação genealógica dos idiomas; II – Origem da língua portuguesa. O latim popular. Contribuições exóticas; III – Dialeto de transição; IV – Os pergaminhos da língua portuguesa; V – Desenvolvimento da língua portuguesa; VI – O quinhentismo; VII – Camões e os Lusíadas; VIII – Transposição do português para o Brasil; IX – A fase seiscentista; X – A língua portuguesa no Brasil. Literatura portuguesa e brasileira; XI – Dialetos, modismos, o calão. A reforma ortográfica. Considerações finais.

 

Bibliografia do Autor. “Synthese Histórica”, 1929; “Vícios de Linguagem”, 1933; “História de uma Campanha”, 1936; “Ideais e Propósitos de uma Faculdade”, 1957; “Discurso de Paraninfo”, 1959; “Três Ensaios”, 1960; “Imagens do Tempo”, 1966.

 

O Autor. Jornalista, Advogado, Magistrado, Professor de Português do Atheneu norte rio-grandense, Professor-fundador da Cadeira de Direito Constitucional da Faculdade de Direito de Natal, Diretor da Faculdade de Filosofia, Diretor do Departamento de Cultura da UFRN (Universidade Federal do Rio Grande do Norte), escritor, integrante da Academia Norte Rio-grandense de Letras e seu Presidente, nasceu em Ceará-Mirim em 1909, e faleceu em Natal, em 1976.

 

Um perfil do Autor nos tempos de hoje. Recordado ainda hoje por seus ex-alunos. O escritor Nei Leandro de Castro, em artigo na Tribuna do Norte sob o título: “A faculdade da Ribeira”, assim recorda o mestre:

 

“Edgar Barbosa era ainda mais brilhante quando saía do Direito Constitucional para explanações sobre os grandes escritores” (Tribuna do Norte, p. 02, Caderno Opinião, Sexta-feira, 16-07-2010).

 

O escritor e Conselheiro do Tribunal de Contas do RN, doutor Valério Mesquita também o evoca em artigo na Tribuna do Norte com o título “Edgar Barbosa”, traçando um retrato vivo, em que se transcreve o seguinte trecho:

 

“Ao lado de Câmara Cascudo, Múcio Ribeiro Dantas e Floriano Cavalcanti, Edgar Barbosa formava um quarteto de invejável saber jurídico na velha Faculdade de Direito da Ribeira, na década de 1960, comentado e sussurrado com reverência por nós alunos, pelos seus corredores e salas de saudosa instituição.

 

“Mas o professor não cabia num figurino único – embora confortável do ponto de vista intelectual –, de grande e admirável jurista. Sua formação filosófica fizera dele um humanista no sentido lato da, ou seja, na medida em que nada do que fosse humano lhe era indiferente. Compará-lo ao seu mestre Luís da Câmara Cascudo seria fazer justiça ao primeiro, e elevar a estatura intelectual do segundo” (Tribuna do Norte, Caderno opinião, p. 02, terça-feira, 13 de julho de 2010).

 

Fontes Consultadas.

 

PEREIRA, Nilo. Lembrança de Edgar Barbosa. Natal: Editora Universitária, 1978.

 

BARBOSA, Edgar. Origem e desenvolvimento da Língua Portuguesa. Natal: Imprensa Oficial, 1933.

 

CASTRO, Nei Leandro de. A Faculdade da Ribeira. In Tribuna do Norte, Caderno Opinião, p. 02, 16/07/2010.

 

MESQUITA, Valério. Edgar Barbosa. In Tribuna do Norte, Caderno Opinião, p. 02, 13-07-2010.

 

Crédito da fotografia. Extraída do livro Lembrança de Edgar Barbosa, inserta ente as páginas 64-65.

 

Related posts: