Pesquisa e Texto: Frank Tavares Correia

HISTÓRIA DO RIO GRANDE DO NORTE

Câmara Cascudo (1898-1986)

“O gado foi o fixador, e também, na própria execução do serviço de campo, um alargador das áreas geográficas. Procurando rezes tresmalhadas, pesquisando águas ou pastos duradouros, ‘caçando’ pontos para invernadas, os vaqueiros surpreendiam paisagens novas, serras que pareciam pedir morada e alpendre de casa grande de fazenda” (Luís da Câmara Cascudo, História do Rio Grande do Norte. Rio de Janeiro: Ministério da Fazenda/ Departamento de Imprensa Nacional, 1955, p. 52).

O livro. Editado em 1955, pelo Ministério da Educação e Cultura, conta com 525 páginas e vinte capítulos. Sendo que todos os capítulos são guarnecidos de “Notas” e “Adendos”. Na página 05 há uma dedicatória a Sílvio Pizza Pedroza e duas epígrafes. A primeira de autoria de Menéndez y Pelayo e a segunda de Antônio Ferreira. A seguir, na página (pág. 07), lê-se um texto de apresentação da obra, assinada pelo próprio autor. “História do Rio Grande do Norte”.

Bibliografia do Autor. Com quase 150 livros publicados, Luís da Câmara Cascudo (1898-1986), eis algumas obras a citar (datas das primeiras edições): “Histórias que o tempo leva”, 1924; “O Conde d’Eu”, 1933; “O Marquês de Olinda e seu Tempo”, 1938; “História da Cidade do Natal”, 1947; “Vaqueiros e Cantadores”, 1968; “Contos Tradicionais do Brasil”, 1967; “Anúbis e Outros Ensaios”, 1951; “Cinco Livros do Povo”, 1953; “Dicionário do Folclore Brasileiro”, 1954; “Geografia do Brasil Holandês”, 1956; “Jangada”, 1957; “Tradições da Pecuária Nordestina”, 1957; “Rede de Dormir”, 1959; “Danti Alighieri e a Tradição Popular no Brasil”, 1963; “Made in África”, 1965; “História da Alimentação no Brasil” (dois volumes), 1967/1968; “Civilização e Cultura”, 1973.

O Autor (Do Seu longo Currículo, resumimos algumas funções, títulos e condecorações do autor de “História do Rio Grande do Norte”). Historiador, memorialista, jornalista, tradutor, folclorista, etnógrafo, antropólogo, professor-fundador da Disciplina de Direito Internacional Público da Faculdade de Direito de Natal e da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Professor de História do Atheneu Norte-rio-grandense, membro fundador da Academia Norte-rio-grandense de Letras, Doutor “Honoris Causa” da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (26-05-1978), Intelectual do ano em 1977 e agraciado com o Troféu Juca Pato, Comendador da Ordem Rio Branco, Comendador da Ordem de São Gregório, Historiador da Cidade do Natal (1948), membro do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, Sociedade Brasileira de Folclore, Sociedade Brasileira de Antropologia e Etnologia. Nascido em Natal, em 1898, faleceu na mesma Cidade, em 1986.

Fontes Consultadas:

CASCUDO, Luís da Câmara. História do Rio Grande do Norte. Natal: Ministério da Educação, 1955.
LIMA, Diógenes da Cunha. Câmara Cascudo, um brasileiro feliz. Rio de Janeiro: Lidador, 3ª ed., 1998.
NEWTON JÚNIOR, Carlos, TRIGUEIRO, Edija B. F., CORREIA DE MELO, Paulo de Tarso. Portal da Memória: Universidade Federal do Rio Grande do Norte: 45 anos de federalização (1960-2005).  Brasília/DF: 2005.