“Sou um menino que vê o amor pelo buraco da fechadura. Nunca fui outra coisa. Nasci menino, hei de morrer menino. E o buraco da fechadura é, realmente, a minha ótica de ficcionista. Sou (e sempre fui) um anjo pornográfico.”
”Deve-se ler pouco e reler muito. Há uns poucos livros totais, três ou quatro, que nos salvam ou que nos perdem. É preciso relê-los, sempre e sempre, com obtusa pertinácia.”

”Em futebol, o pior cego é o que só vê a bola.”

”Deus me livre de ser inteligente”.

”O Brasil é muito impopular no Brasil.”

”Qualquer indivíduo é mais importante do que a Via Láctea.”

”O ser humano é cego para os próprios defeitos. Jamais um vilão do cinema mudo proclamou-se vilão. Nem o idiota se diz idiota. Os defeitos existem dentro de nós, ativos e militantes, mas inconfessos. Nunca vi um sujeito vir à boca de cena e anunciar, de testa erguida: ’Senhoras e senhores, eu sou um canalha’.”

”Em nosso século, o ’grande homem’ pode ser, ao mesmo tempo, uma boa besta.

”Toda mulher bonita leva em si, como uma lesão da alma, o ressentimento. É uma ressentida contra si mesma.”

”O jovem tem todos os defeitos do adulto e mais um: o da imaturidade.”

”Só acredito nas pessoas que ainda se ruborizam.”

”Toda unanimidade é burra.”

”Só os profetas enxergam o óbvio.”

”No Brasil é a imprensa que descobre os crimes!”

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

”Geladeira é o principal móvel do pobre”

”Até 1919, a mulher que ia ao ginecologista sentia-se, ela própria, uma adúltera.”

”A cama é um móvel metafísico.

”Hoje é muito difícil não ser canalha. Todas as pressões trabalham para o nosso aviltamento pessoal e coletivo.”
- ”
”O ’homem de bem’ é um cadáver mal informado. Não sabe que morreu.”

”O mineiro só é solidário no câncer.”

”O homem só é feliz pelo supérfluo. No comunismo, só se tem o essencial. Que coisa abominável e ridícula!”

”Tudo passa, menos a adúltera. Nos botecos e nos velórios, na esquina e nas farmácias, há sempre alguém falando nas senhoras que traem. O amor bem-sucedido não interessa a ninguém.”

”O brasileiro não está preparado para ser ’o maior do mundo’ em coisa nenhuma. Ser ’o maior do mundo’ em qualquer coisa, mesmo em cuspe à distância, implica uma grave, pesada e sufocante responsabilidade.”

”Há na aeromoça a nostalgia de quem vai morrer cedo. Reparem como vê as coisas com a doçura de um último olhar.”Ou a mulher é fria ou morde. Sem dentada não há amor possível.”

”O homem não nasceu para ser grande. Um mínimo de grandeza já o desumaniza. Por exemplo: um ministro. Não é nada, dirão. Mas o fato de ser ministro já o empalha. É como se ele tivesse algodão por dentro, e não entranhas vivas.”

”Está se deteriorando a bondade brasileira. De quinze em quinze minutos, aumenta o desgaste da nossa delicadeza.”

”O boteco é ressoante como uma concha marinha. Todas as vozes brasileiras passam por ele.””A mais tola das virtudes é a idade. Que significa ter quinze, dezessete, dezoito ou vinte anos? Há pulhas, há imbecis, há santos, há gênios de todas as idades.”

”O artista tem que ser gênio para alguns e imbecil para outros. Se puder ser imbecil para todos, melhor ainda.”

”Acho a velocidade um prazer de cretinos. Ainda conservo o deleite dos bondes que não chegam nunca.”

”Chegou às redações a notícia da minha morte. E os bons colegas trataram de fazer a notícia. Se é verdade o que de mim disseram os necrológios, com a generosa abundância de todos os necrológios, sou de fato um bom sujeito.”

”Todo amor é eterno. E se acaba, não era amor”.

”A fidelidade devia ser facultativa”.

”Amar é ser fiel a quem nos trai”.

”O importante é o casamento.”

”Tricolores:vivos ou mortos, saiam de suas casas ou tumbas. Chegou a grande hora”

”O brasileiro é um feriado.”

”As feministas querem reduzir a mulher a um macho mal-acabado”.

”O homem começou a própria desumanização quando separou o sexo do amor.”

”sem alma não se chupa nem um chicabon.”

”A grande vaia é mil vezes mais forte, mais poderosa, mais nobre do que a grande apoteose. Os admiradores corrompem.”

”Eu, como artista, se tivesse de escolher um epitáfio, optaria pel