Por Joanne Mota

Acredito que este livro, ao mesmo tempo em que se converte em um deleite para os
amantes
solidariedade”.
Maurício
Vladimir
(5),
Segundo
junto
poema,
literatura brasileira.
“Conhecido
maiores
poesia moderna. Estamos felizes em poder contribuir trazendo para os brasileiros este
belo poema”, explicou.
Adalberto
contribuição.
escreveu,
impacto da morte de Lênin, não é um poema triste, é um canto de louvor a Revolução
Russa
Em entrevista, Zoia Prestes externou a importância da tradução da obra do russo para o
português.
poesia, ainda mais de um autor que admiro tanto. E essa tradução traz para a literatura
brasileira,
histórico, um líder de uma Revolução, que pôs no debate questões que ainda hoje estão
na
história e dos desafios que ainda temos que superar”.
Jeosafá
Fundação
portuguesa
passarão
traduzidos”, salientou.
Segundo
refletir sobre as questões do nosso cotidiano “Em seus versos ele sempre dialogou com
o
convicção de que ela resistiria ao tempo, iria vencer o desafio do tempo”explicou

Jeosafá Fernandes, que também é escritor.
Ainda
deve compor as bibliotecas das escolas. “Os jovens precisam ter contato com esta
literatura, que se, por um lado, tem uma riqueza poética, por outro, contribuirá para o
entendimento de questões que atravessaram a história”, finalizou.

Homenagem aos artistas russos
Inspirada na vanguarda russa, a artista plástica Mazé Leite afirmou que ilustrar o livro,
além
do ilustrador também como um tipo de tradução. E para retratar a essência do poema
tive
que Maiakovski, além de poeta, também foi designer gráfico, pintor, dramaturgo e ator,
ficou
também uma homenagem aos artistas russos que influenciaram as artes em diversas
partes do mundo”.

Segundo ela, o poema traz, fundamentalmente, esperança, especialmente em um
momento de crise. “Falamos de um poema que fala sobre a vida.
Além disso, observamos a ampliação do interesse pelas ideias marxistas, desse modo,
acho que esse livro acontece em um momento bom, para que as pessoas, lendo o
poema, saibam que a história é muito maior do que se possa imaginar e que o sonho não
acabou”.

Dimensão Política
Adalberto Monteiro explica que, além de seu caráter lírico, o poema de Maiakovski é
uma
trabalhadores. “Ele foi um grande crítico do capitalismo, e o mundo hoje é sacudido por
uma
dedicar suas energias à luta contra esse sistema. E aqueles que aspiram a construção de
um
revigorar das jornadas que precisam ser travadas”.

Zoia Prestes concorda e ressalta que a dimensão política da obra contribuirá para
fomentar

“Penso que hoje, no início do século XXI, falar de revolução, bem como falar de Lênin
e de socialismo, é muito importante para essas gerações que estão aí. E o livro se
converte não só em uma grande contribuição para o debate, mas também em um reforço
para o desenvolvimento dessa nova geração. Acredito que a cultura possibilita ampliar
horizontes e a iniciativa da Fundação Maurício Grabois e da Editora Anita Garibaldi,
em
destes horizontes”, reforçou a tradutora.

Um Lênin humanizado

Com emoção, o lançamento do livro foi encerrado com a declamação de alguns trechos
da
texto
retratado

Segundo ela, essa tradução é um presente aos comunistas. “Trazer esse texto para
o
contribui
Além
sempre”.

Publicado pela Fundação Mauricio Grabois em 8/9/2012