Caro Eduardo Gosson,

Passe ao escritor Félix Contreras,a minha impressão sobre a sua
palestra tão elucidativa,onde cedo se percebe a sua preocupação
em preservar as raízes de sua história e como o vento atravessa o mar com
um versejar que expressa a natureza de todos os cubanos,sobretudo no que
concerne
ao ritmo,a musicalidade e a alegria oriundos da mistura de tradições presentes na
cultura cubana.
Benvindo à Natal e o nosso abraço,
Diulinda Garcia

P.S:Eduardo se for possível,repasse ao poeta Contreras.
Obrigada,
Diulinda

rQue coisa linda essa saudação ao poeta cubano! Lamentei não
ter tido condições de participar do evento, mas, pelo que
vi, tenho a clara dimensão do bonito e rico acontecimento.
Parbéns. Fraterno
abraço. Zé Lucas.

Parabéns pela inspirada mensagem poética.
Não pude comparecer, mas, com certeza, foi um evento marcante.
Ab,