Nascido em Caraúbas/RN em 23 de abril de 1910, logo  fixou residência em Mossoró/RN onde desenvolveu toda a sua produção intelectual. Seu primeiro livro foi Caraúbas Centenária. Desde então não mais parou. Incentivado pelo professor Vingt-un Rosado, publicou  diversas obras, todas  versando sobre história regional. A partir de 1970, começou a organizar o seu acervo, dividido por temas, somando mais de 15 mil fichas. Toda a sua pesquisa, realizada ao longo de 65 anos, preparava a sua monumental obra – Biblioteca Virtual Prof. Raimundo Soares de Brito, projeto patrocinado pela Petrobrás, através da lei Câmara Cascudo, e que agora sem nenhuma explicação lógica a empresa retirou o apoio. Vítima  de um Acidente Vascular Cerebral (AVC), teve que vir morar em Natal/RN aos cuidados do seu sobrinho Antônio Marcos de Oliveira.